Sementes Podres surpreende do início ao fim.

O filme é leve, embora sua mensagem seja densa.

Trata-se de um ex-garotinho de rua, o Wael, que perdeu a família na guerra quando ainda era muito novo, e teve que aprender a se virar desde cedo. E é sobre como esse mesmo Wael, anos depois, consegue inspirar um grupo de estudantes adolescentes que tinha sido expulso do colégio pelos motivos mais variados – o que se torna sua própria salvação.

Sementes Podres nos lembra que todas as pessoas, as jovens ou mesmo as mais velhas, podem mudar em algum momento.

Mesmo aqueles apontados pela sociedade como “sementes podres”, pessoas ruins, sem conserto, que devem ser expulsas da escola ou presas, podem crescer, fazer e acontecer quando conseguem uma coisinha muito especial que não chega fácil para todo mundo: oportunidade.